Notícias

“É muito triste não poder abraçar minhas filhas”

Por   | 

O prefeito de Atibaia, Saulo Pedroso, é daquele tipo de pessoa que não pára. Empresário, tem uma revendedora de gás, e foi reeleito para administrar a cidade. Não é exatamente um prefeito de gabinete. Tem perfil social, presente nos bairros e eventos e é ligado no 220! Ele conta com exclusividade como foi receber a notícia do resultado positivo de seu teste, e que passou a figurar nas estatísticas como mais um caso confirmado para a Covid 19.

O prefeito se encontra não somente em quarentena, mas em isolamento obrigatório, característica em que se enquadram os portadores de Covid 19. Como todos sabem, a Covid 19 tem uma letalidade baixa, mas uma transmissão acelerada. Saulo acredita que contraiu a doença em alguma reunião, na prefeitura. E diz que se sente bem e revela que não tem sintoma nenhum. Perguntei ao prefeito se tomou Cloroquina, ele respondeu: “Claro que não”! Afirmou que não usa nenhum medicamento porque não sente nada. Também não reclamou do confinamento. Saulo está “ilhado” no fundo de sua casa, no local onde a família costuma fazer churrasco, mais exatamente em um quartinho usado como depósito. A outra parte da casa é isolada para a esposa e filhas.

Lições para acalmar a mente

O prefeito está lendo um livro de Kabat-Zinn que é professor Emérito de Medicina e diretor fundador da Clínica de Redução do Stress e do Centro de Atenção Plena em Medicina, na Escola Médica da Universidade de Massachusetts. Kabat-Zinn. O autor estudou budismo zen e é membro fundador do Centro Zen de Cambridge

Ex-jogador de futebol, recentemente Saulo retornou aos esportes, o ciclismo, fato que o ajuda na imunidade. O prefeito acompanha o noticiário das Redes Sociais no bunker que montou e onde realiza conferências virtuais com seus auxiliares. O blog perguntou:

Você dorme bem ? – Igual uma criança.

Perdeu o paladar e teve dores ? Não tive.

Teve febre ? – Pouca febre.

Não teve medo do pior? -Não porque não tive sintomas graves.

Você acredita que este vírus possa ter sido fabricado ? – Não sei.

Qual foi o momento de medo ? Não teve. -Apenas um frio na barriga quando recebi a notícia.

O que pensa de tudo isso que vem ocorrendo no mundo ? -Momento difícil, precisa ser encarado com sensatez e equilíbrio.

Que conselho você dá aos moradores de Atibaia ? – Para que fiquem em casa e nos ajudem a enfrentar a quarentena.

Que lição tirou de tudo isso ? – Que a vida é maravilhosa!

Qual o momento mais marcante de todos: – O que mais machuca e é muito difícil, é que minhas filhas correm toda manha para abraçar o pai, e não pode. Elas não entendem. E tenho que negar o carinho!

Água, livros, celular e filmes: antídotos da solidão

Fernando Lorenzetti

Jornalista e colunista social. Passou por vários veículos de Imprensa, e atua como profissional de mídia, em redes sociais e no mercado editorial de revista. Por 10 anos assinou a coluna social do jornal Diário do Povo, em Campinas. Trabalhou na revista Metrópole do Correio Popular de Campinas, onde também pilotou o programa de TV " Festa, com Fernando Lorenzetti ", na Band, Rede Bandeirantes de Televisão. O jornalista colaborou com os mais importantes veículos de comunicação do país. Está no Instagran: @lorenzettifernando

Você deve estar logado para comentar Login

Deixe um comentário