Notícias

Escândalo: Prefeita de Jarinu, Debora Prado (PSD) cobra de cidadão que pede dados públicos

Por   | 

Esse tipo de situação demonstra que, para ser gestor ou gestora de uma cidade é preciso ter competência e atuar com transparência em todas as circunstâncias.

Reportagem do Jornal Popular mais. No link: https://popularmais.com.br/noticia/5785/prefeita-de-jarinu-sp-debora-prado-psd-cobra-de-cidadao-que-pede-dados-publicos.html

Como a prefeita de Jarinu – SP, Debora Prado (PSD), prorrogou o contrato com o Instituto Vida e Saúde (IVS) para a gestão da Unidade Mista de Saúde Monsenhor Jacob Conti, solicitamos via Lei de Acesso a Informação o contrato celebrado entre a Prefeitura e a IVS.

A solicitação do Portal Popular Mais, foi protocolada no dia 28 de janeiro e foi atendida somente no dia 23 de fevereiro, com a cobrança do valor de R$ 60,88.https://googleads.g.doubleclick.net/pagead/ads?client=ca-pub-7791188788221062&output=html&h=280&adk=1350920299&adf=2303128104&pi=t.aa~a.4080406849~i.1~rp.4&w=804&fwrn=4&fwrnh=100&lmt=1614455537&num_ads=1&rafmt=1&armr=3&sem=mc&pwprc=7264383269&psa=0&ad_type=text_image&format=804×280&url=https%3A%2F%2Fpopularmais.com.br%2Fnoticia%2F5785%2Fprefeita-de-jarinu-sp-debora-prado-psd-cobra-de-cidadao-que-pede-dados-publicos.html&flash=0&fwr=0&pra=3&rh=200&rw=803&rpe=1&resp_fmts=3&wgl=1&fa=27&adsid=ChEIgPjngQYQuJGo_8rjlvO9ARI9AB9XdL_5dZZOb0hEv5LovN5GwBr9ZFqxGIpIga-oOUXbInKAt9m7Ay5Tkn_0siyU8nexFX2vO_YLNVmkWg&dt=1614455555818&bpp=8&bdt=18239&idt=-M&shv=r20210224&cbv=r20190131&ptt=9&saldr=aa&abxe=1&prev_fmts=0x0&nras=2&correlator=5166202909746&frm=20&pv=1&ga_vid=1220141501.1614455552&ga_sid=1614455552&ga_hid=129853865&ga_fc=0&u_tz=-180&u_his=6&u_java=0&u_h=768&u_w=1366&u_ah=768&u_aw=1302&u_cd=24&u_nplug=3&u_nmime=4&adx=32&ady=1121&biw=1285&bih=640&scr_x=0&scr_y=265&eid=42530672%2C21068786%2C21069710&oid=3&pvsid=3070123230144549&pem=805&ref=https%3A%2F%2Fwww.google.com%2F&rx=0&eae=0&fc=1408&brdim=64%2C0%2C64%2C0%2C1302%2C0%2C1302%2C768%2C1302%2C640&vis=1&rsz=%7C%7Cs%7C&abl=NS&fu=8320&bc=31&jar=2021-02-27-19&ifi=2&uci=a!2&btvi=1&fsb=1&xpc=io3hjFGYar&p=https%3A//popularmais.com.br&dtd=59

De acordo com o Ouvidor da cidade a Prefeita, determinou a cobrança para jornalistas e cidadãos interessados no acesso a informações e documentações públicas.

Segundo o Ouvidor do Município Senhor Sebastião, que dizem ser Pastor mas se recusou a dar o nome completo, a prefeita está respaldada em uma lei municipal que obriga a efetuar o pagamento quando se solicita algum documento com base na Lei Geral Acesso a Informações Públicas (Lei n° 12.527/2011).

Ocorre que, a Lei de Acesso a Informação é federal e conforme a hierarquia das leis é maior que a lei municipal, e de acordo com o vereador Everton Lorencini (DEM) ao Popular Mais a lei citada pelo Ouvidor não existe, o vereador diz que a prefeitura está fazendo uma grande confusão em relação a esse fato.

O contrato segundo pudemos observar tem aproximadamente 120 folhas, o que pode e deve ser enviado por meio eletrônico, o que além de ficar mais barato tanto para os cofres da cidade quanto para o cidadão solicitante, tem um impacto positivo no meio ambiente, pois reduz a utilização de papel

Esse tipo de situação demonstra que, para ser gestor ou gestora de uma cidade é preciso ter competência e atuar com transparência em todas as

Fernando Lorenzetti

Jornalista e colunista social. Passou por vários veículos de Imprensa, e atua como profissional de mídia, em redes sociais e no mercado editorial de revista. Por 10 anos assinou a coluna social do jornal Diário do Povo, em Campinas. Trabalhou na revista Metrópole do Correio Popular de Campinas, onde também pilotou o programa de TV " Festa, com Fernando Lorenzetti ", na Band, Rede Bandeirantes de Televisão. O jornalista colaborou com os mais importantes veículos de comunicação do país. Está no Instagran: @lorenzettifernando

Você deve estar logado para comentar Login

Deixe um comentário