Notícias

Atibaia: Coronavírus mata melhor casa noturna de Atibaia

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
Email

Relembre aqui os últimos momentos. Blog faz um #tbt suave das noites mais quentes da região

Veja os últimos momentos da casa noturna mais antiga e tradicional de Atibaia, que acaba de fechar as portas para sempre. Ex Atlanta, ícone de quase duas décadas, foi sucedida pelo Red Jack, dos irmãos Samperi, – Luis e Laerte. Posteriormente o comando da casa ficou unicamente sob a responsabilidade de Laerte Samperi. A crise do Corona foi um verdadeiro golpe nas costas da casa noturna! Os clientes sumiram há três meses e a situação agravou-se com a impossibilidade de aglomerações.

O proprietário, bem sucedidos e muito trabalhador, não vê que a situação possa melhorar em curto espaço de tempo. O prédio, na avenida mais nobre da cidade, precisa de reformas, uma vez que é muito antigo e já se encontra para alugar. A Red Jack foi palco dos maiores shows e festas, atraindo um público elitizado da região inteira e marcou a época do country music e sertanejo. posteriormente a variedade de sons dominou, incluindo funk. O público dá adeus à casa noturna e aproveita para compartilhar esse momento triste na história das baladas, cumprimentando a direção da casa pelo trabalho impecável durante décadas.

Muitos amores, namoros e casamentos tiveram início na casa noturna, e a saudade promete bater no coração!! Registre-se ainda um outro cenário melancólico, a perda de 25 postos de trabalhos, de uma equipe maravilhosa que levantou por anos a fio as noitadas mais incríveis, os beijos mais ardentes e os amores mais espetaculares vividos no cenário da Terra do Morango.

Sandrinho Cuequinha de fora – Garoto Red Jack e o fôfo mais belo da balada Red

Fernando Lorenzetti

Fernando Lorenzetti

Fenando Lorenzetti é Jornalista, profissional de mídia, colaborador dos mais importantes veículos de Imprensa do país. Conta com mais de 250 mil seguidores em suas redes sociais e possui dezenas de grupos nas cidades da região de Campinas. Mantém contato diário, como informante, colaborador dos mais prestigiados articulistas e editores do país. Atua em redes sociais e desponta no mercado editorial, de revistas, com circulação no segmento de condomínios. Por 10 anos assinou uma página no jornal Diário do Povo, em Campinas, e página dupla central na revista Metrópole do Correio Popular. Atuou no Jornal da Cidade de Jundiaí e Jornal da região . Além da Folha Sudeste e Veja Interior. Pilotou o programa de TV " Festa, com Fernando Lorenzetti ", na Band, Rede Bandeirantes de Televisão por mais de uma década, sendo líder de audiência, e foi apesentador de TVs do seguimento News. O jornalista está no Instagran: @lorenzetti_fernando e em todas as demais redes sociais.