Notícias

Museu Municipal de Atibaia passará por reforma nas próximas semanas

WhatsApp
Telegram
Facebook
Twitter
Email

Serviços de conservação ocorrem a partir de quinta-feira (17) com recursos próprios da Prefeitura; museu ficará fechado ao público

A partir de quinta-feira, 17 de junho, o Museu Municipal João Batista Conti, da Prefeitura de Atibaia, passará por reforma, com previsão de duração de 8 semanas, para melhoria e conservação do local, que desde 2018 está incluído no Cadastro Estadual de Museus, pertencente ao Sistema Estadual de Museus do Governo do Estado de São Paulo.

O Museu Municipal ficará fechado durante o período de reforma, que será financiada com recursos próprios da Prefeitura. O museu estava aberto ao público desde 30 de abril depois de ficar meses fechado por causa da pandemia de Covid-19.

O prédio (com paredes de taipa de pilão e pau-a-pique) foi construído em 1836 para ser, simultaneamente, Casa de Câmara e Cadeia de Atibaia, funcionando assim até 1953. Passou por um processo de restauração, foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e, a partir de 1961, começou a abrigar o Museu Municipal.

No acervo podem ser encontradas peças e documentos que remontam ao Brasil Colonial, Império e República, distribuídos em sete salas e um saguão principal. Obras de Benedito Calixto e Yolando Malozzi, além de coleções de numismática, arte sacra, mobília, folclore e moda, também fazem parte do acervo. No local há uma biblioteca histórica para pesquisa, com documentos, atas da Câmara, acervo fotográfico e exemplares dos principais jornais da cidade desde 1914.

Fernando Lorenzetti

Fernando Lorenzetti

Fenando Lorenzetti é Jornalista, profissional de mídia, colaborador dos mais importantes veículos de Imprensa do país. Conta com mais de 250 mil seguidores em suas redes sociais e possui dezenas de grupos nas cidades da região de Campinas. Mantém contato diário, como informante, colaborador dos mais prestigiados articulistas e editores do país. Atua em redes sociais e desponta no mercado editorial, de revistas, com circulação no segmento de condomínios. Por 10 anos assinou uma página no jornal Diário do Povo, em Campinas, e página dupla central na revista Metrópole do Correio Popular. Atuou no Jornal da Cidade de Jundiaí e Jornal da região . Além da Folha Sudeste e Veja Interior. Pilotou o programa de TV " Festa, com Fernando Lorenzetti ", na Band, Rede Bandeirantes de Televisão por mais de uma década, sendo líder de audiência, e foi apesentador de TVs do seguimento News. O jornalista está no Instagran: @lorenzetti_fernando e em todas as demais redes sociais.